Menu
Busca sexta, 25 de maio de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018

Coisas boas por aqui também

04 maio 2011 - 15h53

Um casamento espetacular como desfecho de um belo romance foi o assunto com que se ocupou a mídia durante toda a semana passada. Graças a Deus! Já não dava mais para aguentar tanta desgraceira mostrada nesses últimos meses.

Enfim, o mundo parou para assistir um casamento – e que casamento! Isso mostra que coisas boas também fazem grandes notícias e não somente desgraças. Os jornais dizem que dois bilhões de pessoas devem ter assistido pela TV o enlace do príncipe William com a plebéia Kate Middleton.

Não importa que esse casamento seja um golpe de marketing da família real inglesa, como dizem os que são contrários às monarquias. O que importa é saber que em frente a milhões de TVs
pelo mundo todo estavam pessoas sorridentes e maravilhadas assistindo o espetáculo. Nada de tristeza, só alegria!

A mídia, que como se sabe procura aquela noticia semanal – quase sempre uma desgraça – para nos prender em sua audiência, deveria nos contemplar, mais seguidamente, com noticias alegres como a desse casamento.

No Brasil também tivemos boas notícias nessa semana passada. Uma delas foi a determinação da presidente Dilma em privatizar alguns aeroportos. Aliás, os mais importantes do país: Guarulhos, Galeão, Confins, Viracopos e Brasília. A presidente tem razão ao contrariar, mais uma vez, o seu antecessor e consequentemente a esquerda estatizante. Mostrou, com essa decisão, que também não aguenta mais as confusões nos aeroportos. Achou melhor entregar à iniciativa privada empresas que precisam de decisões imediatas. Fez Bem.

Até a Câmara dos Deputados parece querer tomar jeito. Em sua primeira decisão acertada destes últimos anos a Câmara dos Deputados vai aprovar, já que os congressistas chegaram a um
consenso, o relatório do deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB) quanto à nova adequação do Código Florestal.

A discussão acerca do novo Código Florestal vinha se arrastando há mais de dois anos e sua aprovação nos moldes como está proposto agora vem dar mais tranqüilidade a milhões de brasileiros que vivem do trabalho da terra. Tanto pequenos quanto grandes produtores terão
a partir do novo Código Florestal regras mais claras do uso da terra.

Um longo trabalho, com dezenas de audiências públicas realizadas pelo país inteiro que agora, ao final dele, se dá ao deputado o direito de fazer o seguinte desabafo: _“NãO ESTá EM DISPUTA UM
METRO A MAIS OU A MENOS DE PROTEçãO NECESSáRIA AO SOLO E à áGUA. ESSE DEBATE SIMPLESMENTE INEXISTE NOS PARLAMENTOS E NA MíDIA DOS PAíSES QUE PARA Cá DESPACHAM SUAS ONGS. ÁREA DE PRESERVAÇãO PERMANENTE E RESERVA LEGAL SãO EXPRESSõES INEXISTENTES NA HOLANDA DO GREENPEACE E NEM A MULTINACIONAL DO AMBIENTALISMO TEM REIVINDICAÇãO ALGUMA DE METRAGEM PARA PROTEçãO DE RIOS E FLORESTAS NO PAíS ONDE TEM SUA SEDE”.__ _ Tem gente dizendo que é o melhor trabalho já
feito por um comunista no país. Talvez, mas que é o melhor trabalho deste Congresso dos últimos anos é fácil se ver.

Não só em Londres, no governo da presidente Dilma, ou então, na Câmara dos Deputados, mas também aqui em Dourados a semana que passou teve noticias boas. O prefeito mandou desativar as lombadas eletrônicas simplesmente porque ninguém havia autorizado sua instalação na cidade. O prefeito não disse, mas ficou fácil de ver que aqui não é mais a casa da mãe Joana.



Waldir Guerra

* Membro da Academia Douradense de Letras; foi vereador, secretário do Estado e deputado federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FERIADO
Prefeitura de Dourados decreta ponta facultativo na próxima sexta-feira
PARALISAÇÃO
Padilha confia em cumprimento de acordo por parte dos caminhoneiros
ESPORTES
Sul-mato-grossenses representam o país no Mundial de Canoagem
FUTEBOL
Série B do Brasileirão tem três jogos nesta sexta-feira
BRASIL
ANP publica medidas para garantir abastecimento de combustíveis
DOURADOS
Programa de atendimento a vítimas de violência sexual é implementado no HU
Batizada de Acalento, a iniciativa, em parceria com o Governo do Estado, proporciona que todos os atendimentos sejam feitos no hospital, desde a assistência à saúde até o Boletim de Ocorrência e as perícias
MANIFESTAÇÃO
Caminhoneiros mantêm paralisação em Dourados
JARDIM
Traficante abandona veículo com maconha e acaba preso após ação conjunta
LEGISLATIVO
Reuniões, solenidades e sessões plenárias são os destaques da semana
EDUCAÇÃO
IFMS vai ofertar 120 vagas em cursos superiores no segundo semestre pelo Sisu

Mais Lidas

GASOLINA A R$ 5
Contra abuso nos preços, força-tarefa autua postos em Dourados
DOURADOS
Fazendeiro que matou desafeto em cartório há oito anos é absolvido
TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Rixa antiga teria motivado atentado contra “zóio de gato”
DOURADOS
Grupo é flagrado marcando lotes durante invasão de área pública