Educação - 14/01/2004

Acordo permite que UDE confeccione carteirinhas

 

-

O diretor da escola Estadual Presidente Vargas João Carlos pediu junto a Guarda Municipal a retirada de representantes da UDE (União Douradense de Estudante) da escola. Ele alega que a entidade não possui os documentos necessários para confecção de carteiras.João disse ao Dourados News que é um absurdo a UDE cobrar dez reais pela carteirinha se a USMES(União Sul-Mato-Grossense de Estudantes) cobra cinco reais.Após a chegada da Guarda Municipal, o diretor João Carlos se reuniu com o presidente da UDE João Manoel Alves e decidiram igualar o preço cobrado pela USMES para poder confeccionar as carteirinhas na escola. O diretor disse que a questão do Atestado de matricula será resolvida pela USMES, e a entidade irá carimbar todos lá mesmo na escola Presidente Vargas.